G.R.E.S. (Grêmio Recreativo Escola de Samba)

Unidos de Piedade

Fundação: 15/01/1955
Cores: Verde, Vermelho e Branco
Títulos: 2002

 

    

     Os integrantes da Unidos da Piedade garantem que essa foi a primeira escola de samba fundada no Espírito Santo. É uma agremiação desafiadora de seu tempo, com uma tradição marcante e uma história bela e inconfundível. Na década de 50, o Bairro da Fonte Grande, em Vitória, já possuía várias manifestações populares e blocos carnavalescos, como o "Amarra o Burro", "Batucada Mocidade", "Chapéu de Lado" e "Deixa Cair".

     O Grêmio Recreativo Unidos da Piedade é uma agremiação civil, sem fins lucrativos, fundada em 15 de janeiro de 1955, na Fonte Grande, cidade de Vitória – ES, onde tem sede e foro. Foi constituída para praticar festas carnavalescas de qualquer espécie, dentro de sua sede social, dar bailes para diversões de seus associados praticar ensaios, praticar esportes educativos e fazer reuniões de caráter social e familiar, promover espetáculos, sorteios e outras formas para obter fundos para a agremiação.

     A organização de um desfile de carnaval envolve atividades de planejamento e produção artística no campo da música instrumental do canto e da dança, das artes plásticas e cênicas. Sua realização abre possibilidades para inúmeras iniciativas de educação e de promoção de atividades remuneradas para os moradores (crianças, jovens, adultos e idosos) dos morros da Fonte Grande, Moscoso, Rosário e outros bairros que abrigam seus associados e admiradores, visando a promoção social de muitas famílias destas comunidades.
     Constitui-se, portanto, em instituição cultural, tendo como objetivos a promoção de inclusão social no acesso às atividades culturais, artísticas e desportivas, nas mais variadas áreas de conhecimento, por meio da realização de convênios, nos contratos e outras formas de parceria com instituições públicas e privadas.

     Depois que Rômulo do Nascimento, o Rominho, com 19 anos foi para o Rio de Janeiro servir o Exército e passou um carnaval no Rio de Janeiro e visitou várias escolas de samba, resolveu fundar uma em seu bairro. Ele voltou para Vitória encantado e entusiasmado, querendo montar uma escola. Mas as pessoas não acreditavam que daria certo.

     Mesmo assim, ele voltou para o Rio e comprou instrumentos com o próprio dinheiro. Ele chegou em Vitória com alguns instrumentos e reuniu o pessoal para ensinar a tocar. Assim se juntou a vários amigos e fundou a Unidos da Piedade no dia 15 de janeiro de 1955. Ele fez a escola como tinha que ser feita, com ala das baianas, caprichosas e passistas e a escola desceu linda na Graciano Neves, com carros alegóricos. Foi o primeiro desfile, sem concorrer a nada. Em 1956, apareceu um concorrente, o Acadêmicos do Moscoso, hoje a agremiação Novo Império. Nesta época, também, as batucadas foram se transformando em escolas de samba.

     Durante muitos anos a Piedade foi campeã com Rominho, depois foi realizada eleição para escolher novos dirigentes. Rominho se tornou presidente de honra até sua morte, em 7 de agosto de 1973.

     Fundada por sambistas autênticos, que passaram às gerações seguintes a importância dessa manifestação cultural, constitui um verdadeiro celeiro de artistas do movimento musical brasileiro. A Piedade tem quase meio século de existência conquistando 14 campeonatos nos desfiles de escolas de samba, e é a única penta-campeã do carnaval de Vitória, o que enche a comunidade da Fonte Grande e Piedade de orgulho e alegria.

     Diante dessa manifestação, outras escolas foram criadas no Estado, como a "Santa Lúcia", a "Acadêmicos do Moscoso" e a "Império da Vila". O primeiro campeonato das escolas capixabas foi disputado em 1957 e teve a Unidos da Piedade como campeã. A escola também venceu em 58, 60 a 63, 65, 73 a 77, 79 e 86.

 


Carnavais

Ano Enredo Classif. Grupo Letra MP3
1973 Canto os encantos do Espírito Santo 1
1974 Viagem através dos tempos. Um século de carnaval 1
1975 Brasil, meu Brasil brasileiro 1
1976 Exaltação a Jorge Amado 1
1977 Brasil de todas as raças 1
1978
1979 O mundo encantado da criança 1
1980
1981
1982
1983
1984 A Rainha Negra do Tijuco Letra 1984
1985
Castelo Mendonça. Alegria... Alegria... de Sempre
1 Letra 1985
1986
Sua Majestade o Café
1 Letra 1986
1987
Nossas Matas, Nossas Fontes, Nosso Samba
1 Letra 1987
1988
Do Guarani as Bachianas
1 Letra 1988
1989
A Vale Valeu
1 Letra 1989
1990
Cânticos Brasileiros
1 Letra 1990
1991
Dessas Origens Sou Rei Sim Senhor
1 Letra 1991
1992
A Magia das Águas
1
1993 Não Houve Desfile Oficial - - - -
1994 Não Houve Desfile Oficial - - - -
1995 Não Houve Desfile Oficial - - - -
1996 Não Houve Desfile Oficial - - - -
1997 Não Houve Desfile Oficial - - - -
1998

Britz Bar - Ai que Saudade Que Me Dá! (Desfile Não Competitivo)

-

1 Letra 1998  
1999

Maurício de Oliveira, Uma Vida Dedilhada ao Violão (Desfile Não Competitivo)

-

1 Letra 1999  
2000

Espírito Santo - O Paraíso é Aqui e Hoje Tem Festa no Céu (Desfile Não Competitivo)

-

1 Letra 2000  
2001

Apocalipse - O Despertar de Uma Nova Era (Desfile Não Competitivo)

-

1 Letra 2001  
2002

Uma Odisséia no Asfalto. Piedade, Berço do Samba, Escola de Bamba

1 Letra 2002
2003

Vitória, Minha Vitória - História, Cidadania, Simpatia e Muito Amor

1 Letra 2003  
2004

Uma Viagem Turística - Um Vôo Entre o Mar e as Montanhas

1 Letra 2004  
2005

Sou Terra, Fogo, Água e Ar. 50 Anos de História... Sou Piedade, Sou Estrela, Vou Brilhar

1 Letra 2005  
2006 Nos Braços da Piedade, Colatina, a Terra do Sol Poente Conta a Saga do Seu Povo no Vale do Rio Doce 1 Letra 2006  

2007

Piedade Canta os 100 Anos do Porto de Vitória. Um Século de Lutas e Tradição

2 Letra 2007  
2008 Os trabalhadores pedem passagem. A Piedade se encanta e canta o jubileu de prata da CUT 6º 2 Letra 2008 Áudio
2009 Sete de Setembro - Histórias e memórias da rua que virou samba 1 Letra 2009  
2010 Do Maraú e Andirá, os Maués Celebram a Energia Wara-ná 7º 1 Letra 2010  
2011
Senhoras e Senhores, Bom Espetáculo!
1
2012
Piedade, um ato de amor na vida de tantas Marias... Guerreiras ou Anjos de Luz?!
1
2013
Anauê, Anauê, guanambi amanajé nas terras abençoadas do Espírito Santo
1
2014
Do agreste do sertão de Gonzaga e Lampião - Pernambuco - Histórias de luta, do frevo e do São João
1
2015
Piedade 60 anos. Uma odisseia carnavalesca de conquistas
1
2016
Vamos ao Mercado?
1
2017 De cara pintada com a Piedade na avenida 1
2018 Pra não dizer que eu não falei das flores 1